19 junho 2012

Simples assim


11 comentários:

  1. Simples e claro.
    Precisa mais?
    Hehehehe!
    Adorei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. sabe?, eu não gosto dessa proposta
    me passa uma ideia de que nós só somos bons no caso de não haver os pais biológicos por perto. que é melhor uma familia gay que nenhuma, mas que se tiver uma familia hétero ela seria a preferência, que é melhor ter um pai e mãe héteros que te batem, mas existem, que uma família gay qualquer. me entende?

    ResponderExcluir
  3. Concordo com O Fox.Sei que pode parecer chatice e muitos consideram uma bobeira essas sutilezas.Mas acho essa ideia tão ruim quanto a de bater o tempo todo na tecla de que ser gay não é uma escolha, usando até o nome da ciência quando, que eu saiba, nada realmente conclusivo foi descoberto em relação a origem da homossexualidade, passando a impressão de que se fosse uma escolha seria condenável.

    Sei que os objetivos são nobres mas deve-se pensar muito em como atingir esses objetivos, essa de os fins justificarem os meios nunca lança nenhuma luz boa em grupo algum.Portanto deveríamos parar de cuspir senso comum (ser gay não é escolha, não existe ex-gay, a homossexualidade é genética) como se fossem verdades absoluta) e ideias que nos colocam mesmo que indiretamente como cidadãos de segunda classe, como pais aceitáveis somente como última alternativa, por exemplo, como mostrado na imagem acima.

    ResponderExcluir
  4. Só não entende, quem não quer mesmo...

    ResponderExcluir

Fala bonita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...